Simplificando a Gestão Operacional do seu Setor Financeiro

Simplificando a Gestão Operacional do seu Setor Financeiro
Observemos a seguinte afirmação: “Implementar uma Gestão Operacional Financeira eficiente é possível, e tem como maior premissa a DISCIPLINA”. A afirmação a princípio pode parecer uma pitada de afronta aos gestores que buscam esforçadamente o controle e acompanhamento, ansiando ver as finanças de sua empresa controladas e as informações claras para tomada de decisão, contudo não é esse o intuito. Meu intuito é clarificar o entendimento da Gestão Operacional Financeira. O princípio fundamental de uma Gestão Operacional Financeira começa na compreensão do seguinte tripé: PESSOAS, PROCESSOS E TECNOLOGIA. Em toda e qualquer empresa teremos as pessoas que executam o processo através da TECNOLOGIA. Clareando esse entendimento: as pessoas responsáveis pelo financeiro devem ter disciplina na execução de uma rotina e processo, com dias e horários definidos para cada atividade que precisa ser realizada, fazendo com que o processo seja controlado e bem acompanhado. Os processos, por sua vez, são todos os controles e demandas (sempre através de documentos comprobatórios da operação realizada). Começaremos pelo controle de contas a pagar, que é composto por todas as obrigações adquiridas através da operação total da empresa. As contas a pagar devem ser lançadas em um sistema e classificadas corretamente através de um plano de contas que seja enxuto, porém incorpore todas as contas importantes ao negócio. Os prazos e valores das obrigações também devem ser conferidos de forma minuciosa. Em se tratando do controle de contas a receber, deve-se controlar e analisar se todas as negociações realizadas no dia anterior estão lançadas com seus prazos e valores corretos. Através de uma conciliação de bancos e caixa realizados diariamente (em nosso próximo artigo financeiro me aprofundo neste tema), baixando todas as saídas realizadas, assim como os recebíveis que entraram, deve-se deixar os saldos das contas e tesouraria do sistema de controle financeiro da empresa, exatamente igual ao real. Como deixei claro na explanação acima, reafirmo que todos esses movimentos devem ser realizados no sistema escolhido para Gestão Operacional Financeira, analisando se o que estava registrado para receber no dia anterior foi recebido e se todos as obrigações foram realizadas. Minha sugestão é que o empresário escolha um sistema que integre os lançamentos financeiros, sem necessidades de constantes intervenções manuais, garantindo a fidedignidade dos dados e rastreamento da operação. Após todo esse entendimento e o processo obedecido diariamente, no início do mês subsequente, é possível realizar as apurações de resultados. Cito alguns resultados para que sua Gestão Operacional Financeira comece a ser aprofundada, após ser controlada:
    • FLUXO DE CAIXA PROJETADO E REALIZADO: Dará a visão do caixa durante o período projetado, avaliando os saldos e se a empresa tem uma projeção de estar financeiramente saudável no período projetado. Através da comparação diária dos valores projetados com os valores de fato realizados, você poderá analisar a real situação do controle das finanças da empresa e o andamento do seu fluxo financeiro;
    • DRE (Demonstrativo de Resultado do Exercício) GERENCIAL: Demonstra resultado do negócio, clarificando se a operação é lucrativa ou deficitária;
    • PONTO DE EQUILIBRIO: Ponto de Equilíbrio é o valor mínimo de receita que uma empresa necessita para cobrir todos os seus custos e despesas fixas e ter lucro zero.
Posto isto meus caros, temos a Gestão Operacional Financeira do negócio, que se inicia com o simples respeito ao entendimento de ter as pessoas executando com disciplina os processos, através de uma tecnologia que centralize as informações. E assim findar o processo na apuração dos resultados e indicadores eficientes para o seu negócio. Desejo que todos que estão lendo este artigo possam implantar o que foi posto aqui o mais breve possível. Com os conhecimentos passados e a disciplina na execução, a Gestão Operacional Financeira de sua empresa pode ser simples e lhe dará insumos para tomadas de decisões assertivas!
Related Posts
Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *