Fique por dentro
Gestão Financeira de Excelência 10 perguntas para identificar

10 perguntas para identificar se sua empresa possui uma Gestão Financeira de Excelência

10 perguntas para identificar se sua empresa possui uma Gestão Financeira de Excelência

Abordaremos neste artigo, uma reflexão que vai lhe levar aos procedimentos necessários para que uma organização empresarial alcance o Controle de Qualidade da Gestão Financeira de Excelência.

Você já ouviu a expressão “O sucesso do passado não garante conquistas no futuro”? Está cada vez mais desafiador garantir a perpetuidade das organizações empresariais. As técnicas de negócios utilizadas “ontem” já não garantem a longevidade e sucesso empresarial.

Quer saber de forma rápida como identificar se sua empresa possui, de fato, Gestão Financeira?

Responda, abaixo, 10 perguntas que caracterizam uma Gestão Financeira de excelência e reflita se na sua empresa…

  1. Existe conferência e auditoria dos caixas dos pontos de vendas?

O processo de conferência e auditoria das movimentações financeiras dos pontos de vendas, além de identificar erros operacionais (registros e de estoque, por exemplo), e de classificação na estrutura de plano de contas, poderá evitar desvios de recursos.

2. Existe conferência e auditoria das contas de Caixa/Tesouraria?

É comum encontrar nos dias atuais, empresas que não possuem controles definidos das movimentações em espécie. Porém, é de extrema importância, manter estes controles sempre atualizados com fechamento de caixa diário.

3. Os saldos das contas Caixa/Tesouraria, condizem com a realidade?

Com o fechamento de caixa feito diariamente dentro do sistema de gestão, o saldo final do dia anterior, deverá ser exatamente o mesmo saldo de abertura do caixa do dia seguinte. O saldo da conta Caixa/Tesouraria, deverá “bater” no centavo.

4. Existe conciliação bancária?

O processo de Conciliação Bancária é a simples conferência dos extratos bancários com o controle financeiro da empresa, dentro do seu sistema de gestão. A partir deste processo, é possível verificar se todos os lançamentos foram realizados e que não há nenhuma anormalidade.

5. Os saldos das contas de bancos, condizem com a realidade?

Imagine que se o saldo da conta bancária é exatamente o mesmo saldo da mesma conta no seu sistema de gestão, para esta situação, podemos afirmar que todas as entradas (créditos) e todas as saídas (débitos), foram registrados corretamente.

6. Existe conciliação das movimentações com cartão de crédito, boleto bancário, cheques e etc.?

Mais importante do que vender, é receber, não é verdade? Garantir a agenda de recebíveis atualizadas, com as auditorias feitas diariamente, poderá evitar a tão temida, inadimplência.

7. Existe planejamento financeiro para a gestão do contas a pagar?

O controle de Contas a Pagar eficiente e atualizado, serve para anotar e projetar todas as despesas de uma empresa, sejam fixos ou até mesmo, as variáveis, isto, desde pagamentos futuros, contas parceladas e valores que apesar de não estarem agendados, você sabe que terá.

8. No contas a pagar, existe classificação do Plano de Contas, Centros de Custos e Regime de Caixa e de Competência?

Se tratando das demonstrações financeiras, antes de mais nada, é importantíssimo entendermos sobre os seguintes temas:

  •  Plano de contas: O plano de contas gerencial é uma lista de itens que é usada para a classificação e registro de entradas e saídas do fluxo de caixa em uma empresa.
  • Centros de Custos: Centro de custos são unidades dentro de uma organização e geralmente são unidades de negócios, projetos ou departamentos de uma empresa.
  • Diferença entre de Competência e de Caixa: Regime de Competência é o que apropria (ou seja, considera ocorrido o fato gerador) receitas e despesas ao período de sua realização, independentemente do efetivo recebimento das receitas ou do pagamento das despesas. Já no Regime de Caixa, é o oposto, onde pois é o regime em que apropria as receitas e despesas no período de seu efetivo recebimento ou pagamento, independentemente do momento em que foram realizadas.

9. Existe, de forma clara, divisão e rateio dos custos de fábrica, lojas e administração?

O Rateio de Custos é um método para separar os custos, seja na precificação ou na gestão da empresa, de acordo com os elementos que participaram dele.

10. As informações dos relatórios gerenciais tais como: DRE e DFC, são consistentes?

As demonstrações econômico-financeiras, ajudam na apuração dos resultados, subsidiando a tomada de decisão. Para tal, se faz necessário garantir informações confiáveis e seguras.

A Gestão Financeira é a tomada de decisões estratégicas que visam aumentar o valor de uma organização usando técnicas de administração de caixa, otimização da estrutura de capital e a análise da criação de valor por meio de projetos com o auxílio de ferramentas financeiras. Para tal, é importante a Gestão financeira, que é um conjunto de ações e procedimentos administrativos que envolvem o planejamento, a análise e o controle das atividades financeiras da empresa.

Procure conhecer ao máximo os indicadores financeiros presentes na sua organização, para isso, temos um conteúdo para te ajudar nesse assunto, afinal: você entende os indicadores financeiros?

Quer saber mais sobre gestão financeira e mercado empresarial? Acompanhe nossos conteúdos, eles são publicados periodicamente com o intuito de ajudar você a entender mais sobre o mercado e manter sua empresa sempre no topo!

Roberto Calixto da Silva

Consultor Associado

Gomes de Matos Consultores Associados

Related Posts
Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *